4 de jun de 2010

Tecnologia da Informação e Comunicação também é tema de debate no I Festival das Juventudes de Fortaleza

Na manhã de hoje, a tenda Salvador Allende recebeu o painel “Transformação Social na Rede: Novas Perspectivas de transformação social das novas tecnologias na comunicação”. O debate foi oportunizado por Marcelo Branco, da Organização Campus Party, Fernando Anitelli, do grupo musical O Teatro Mágico, Greg Medeiros, da Escola Sindical da CUT e Gabriel Medina, como coordenação do momento.

A mesa ressaltou as possibilidades de democratização do acesso a comunicação, como também a disponibilização de conteúdos livres: softwares não proprietários e copyleft (produção livre de propriedade intelectual).

Greg Medeiros falou da importância da apropriação da juventude sobre esses conteúdos e de o quanto seria estratégico também para o movimento social aprofundar o conhecimento sobre as novas tecnologias. “Nós da CUT sabemos que isso vem transformado a relação com a base”, completa Medeiros.

O músico Fernando Anitelli ressaltou que o grupo aplica o copyleft aos seus trabalhos e que isso permitiu ao grupo conseguir notoriedade junto ao público, dado ao fato de a mídia comercial não abrir o espaço necessário ao desenvolvimento de produção autoral desligada das grandes gravadoras.

O plenário lotado se mostrou eufórico com a abordagem do tema. Lucas, do Piauí, revelou que desconhecia os trabalhos em software livre, mas que estava bastante interessado em conhecer as plataformas não-proprietárias. “Vou procurar mudar meu computador pra Linux amanhã”, afirmou o jovem.

Rafael Mesquita (IJC)
Comunicação Colaborativa

Nenhum comentário: